On-line/Off-line: as relações sociais e a internet

Em uma de suas 44 cartas do mundo líquido moderno, Bauman discute as relações sociais. Segundo o autor, elas tendem cada vez mais a parecerem com as relações das redes sociais.

Por Alexandre Matos da Gama, em colaboração com Colunas Tortas.

zygmunt bauman offline e online
Zygmunt Bauman e suas 44 cartas do mundo líquido moderno

Em uma das “44 cartas do mundo líquido moderno“, Zygmunt Bauman discute nossas conectividades sociais, já que estas tendem cada vez mais a parecerem com as relações das redes sociais na internet.

Em uma sociedade onde estar aberto às oportunidades é fundamental, o mundo virtual é extremamente atrativo na medida em que é possível estabelecer conexões com muita facilidade e desfazê-las na mesma proporção, fazendo com que tudo seja “breve, superficial e descartável”, como diz o próprio Bauman.

O principal atrativo do mundo online para os jovens é a ausência das contradições do mundo off-line. Os contatos podem ser excluídos com muita facilidade, o que na vida real seria desgastante, já que o vínculo é mais forte e o número de contados tende a ser reduzido conforme o aprofundamento das relações.

Outro fator importante é que não só os contatos, mas a própria identidade deve ser algo remodelável e descartável sempre que for necessário, caracterizando a liquidez do indivíduo moderno que não está atrelado a nada que seja absolutamente rígido e sólido, exemplificado por Bauman na analogia da foto, que representa essa instantaneidade: a foto, que sempre teve o intuito de fixar um momento no tempo, agora pode ser editada, alterada e remodelada.

A conexão e a desconexão acabam invadindo as esferas do mundo off-line e fazendo com que nossas relações também se tornem fáceis de “conectar e desconectar” aos outros indivíduos.

A questão é saber se os indivíduos acostumados a tanta superficialidade serão capazes de interagir de forma plena e/ou eficaz nessa sociedade que ainda funciona em boa parte no modo off-line, com relações cara a cara que exigem cada vez mais flexibilidade. Abaixo, está um vídeo sobre a relação entre as redes sociais e nossa vida cotidiana.

2 Comments

Deixe uma resposta