Da disciplina ao controle: Foucault, Deleuze e Lazzarato são tema de curso em São Paulo

Espaço Inanna Educação abre inscrições para o minicurso Da disciplina ao controle: Foucault, Deleuze e Lazzarato. Aulas começam quarta-feira (1).

foucualt inanna
O curso começa nesta quarta (1).

Para Foucault, a disciplina é uma técnica de exercício do poder que vai direto aos corpos dos indivíduos: ela os isola, verifica, codifica e monitora. O conceito foi formulado na década de 70 e emergiu dos estudos sobre métodos de punição na França do período clássico, mas no fim deste mesmo período, o filósofo francês já identificava uma mudança nas categorias de sujeitos produzidos em nossa sociedade. Com foco nesta mudança da avaliação de Foucault, o Espaço Inanna Educação abre inscrições para o minicurso Da disciplina ao controle: Foucault, Deleuze e Lazzarato.

Segundo Pedro Dotto, mestrando em filosofia pela PUCSP e professor do curso, o poder disciplinar deu as caras quando o poder monárquico passou a se tornar pouco eficiente e demasiado custoso. “A disciplina se expressa como uma microfísica do poder, isto é, uma maneira de se exercer o poder sobre os corpos e que visa, em última instância, a produção de sujeito politicamente dóceis e economicamente úteis, ou, melhor, úteis na medida de sua docilidade”, explica Dotto.

Mas o ponto central do curso é justamente entender o que outros autores, como Deleuze e Lazzarato, criaram a partir do conceito de sociedade disciplinar. Deleuze acredita que a sociedade atual deixou de ter aspecto disciplinar como preponderante e passou a ser uma sociedade de controle, que manipula os desejos dos corpos. Lazzarato corrobora Deleuze e afirma que esse ponto de mudança existe devido às mudanças do capitalismo global pós-fordista.

“Há quem diga que já não estamos mais em uma sociedade disciplinar, mas em uma sociedade de controle. Isso não significa que a disciplina enquanto técnica do poder se encontra desfeita, mas, isso sim, que outras formas de se exercer o poder se tornaram preponderantes. Nesse sentido, muitos autores se esforçam por compreender quais seriam a configurações de poder-saber que estariam em curso na contemporaneidade e de que maneira elas se descolam da lógica disciplinar”, diz Dotto.

O conceito de disciplina também permite entender a sociedade fora dos padrões da luta de classes ou do contrato social, hegemônicos em setores da esquerda e direita. Desta forma, a análise recai sobretudo a partir de novas configurações de poder e tipos de saber, que culminam no poder disciplinar e tomam corpo em suas instituições, como as escolas, prisões, hospitais e quartéis, explica Pedro Dotto.

Informações Gerais

Curso: Da disciplina ao controle: Foucault, Deleuze e Lazzarato;
Professor: Pedro Dotto;
Quando: Primeira turma) 01/07 e 08/07, 19:30 às 22:30hs e Segunda turma) 03/07 e 10/07, 14:30 às 17:30hs.
Onde: Inanna Educação;
Endereço: rua Conselheiro Ramalho, 945 – Bela Vista | São Paulo – Tel. (11) 9.9651.9107;
Valor: R$100;
Como se inscrever: basta clicar aqui.

banner-post

Deixe uma resposta