Livro da semana: O Estrangeiro – Albert Camus

Em O Estrangeiro, Albert Camus conseguiu marcar seu nome na lista dos maiores escritores do mundo. Clique aqui e baixe agora em PDF.

O Estrangeiro, de Albert Camus.
O livro faz parte do trio do Absurdismo, que inclui O Mito de Sísifo (1941) e Calígula (1945).

Em O Estrangeiro, Albert Camus conseguiu marcar seu nome na lista dos maiores escritores do mundo. O Nobel concedido em 1957 veio confirmar a maestria de Camus com as palavras: foi reconhecido devido sua instigante produção literária, sua criação absurdista, seu mundo de Sísifo.

A obra foi publicada em 1942 e só chegou ao Brasil quatro anos depois. A trama se desenvolve através de Meursault, trabalhador de meia-idade que é incapaz de sentir algo verdadeiramente.

Sua vida é limitada pelo presente, pela possibilidade de sentir somente aquilo que está acontecendo no agora. É por isso que se envolve com uma mulher no dia seguinte do enterro de sua mãe. Aliás, o velório é narrado como uma situação de desconforto para Meursault, não porque sua mãe está morta, mas por não sentir falta nenhuma da mulher.

Meursault só vai ao velório para cumprir obrigações sociais.

Que vida é essa que pode ser vivida sem nenhum horizonte? Talvez Camus tente mostrar que o sentido da vida é algo que só nós podemos dar – apesar de, em O Mito de Sísifo, encontrar na revolta a única saída.

Para baixar O Estrangeiro, de Albert Camus, clique aqui.

Deixe uma resposta