Nando Moura é uma piada

Começo meu texto me desculpando pela personalidade abordada, mas é necessário. Ela representa um tipo específico que cresce através das redes sociais. Uma estratégia alternativa à cibermilitância dementadora, mas que faz parte do mesmo discurso.

Você conhece alguém que gosta de metal e é reacionário? Eu tenho um rapaz pra te apresentar: Nando Moura. Este cara é um guitarrista de metal, cristão e discípulo de Olavo de Carvalho (o astrólogo que considera a Rede Globo como parte do plano maldito do marxismo cultural). Acho que você já entendeu, né? Este é o currículo do rapaz.

Aqui, pretendo comentar um vídeo em particular que, pra mim, demonstra a absurda burrice de Nando Moura. Se trata de uma gravação em que ele comenta o Roda Viva Especial, com Luis Felipe Pondé (o filósofo que afirmou que a direita não pega ninguém porque economia é um assunto chato e, por isso, estaria aí a prova de que ser de direita não é aliado a um interesse sexual, mas sim ao conhecimento) e Leandro Karnal.

A crítica genial de Nando Moura

Você pode ver o vídeo aqui, enquanto lê meu texto e acompanha fala por fala do nosso protagonista:

A burrice de Nando Moura começa com sua desonestidade intelectual: o rapaz que critica alguns vloggers ateus nunca abriu a boca para falar sobre pastores que, por serem pastores e não por serem imorais, afanam dinheiro de seus fiéis, ou sobre a Santa Inquisição, uma maremoto sobre as culturas locais na Idade Média e Renascimento.

Entenda, a relevância aqui não está nos vloggers criticados por Nando Moura. Isso é o menos importante: o que é importante é o funcionamento da crítica. A incapacidade de Nando Moura envolve sua desonestidade intelectual (ou falta de caráter) em assumir que uma programa de comédia como o de PC Siqueira na MTV simboliza um discurso de ódio, enquanto a própria Igreja Católica (e todas as cristãs) ficam à parte de suas críticas: essas igrejas marginalizam homossexuais, pessoas com outras religiões ou sem nenhuma fé e tentam, cada vez mais, inserir suas pautas nas escolas públicas (além de não pagarem os impostos de suas propriedades).

No entanto, esse primeiro instante do vídeo pode ser deixado para trás, caso percebamos sua função: Nando Moura quer iniciar seu vídeo criticando quem não pode não ser criticado. Ou seja, ele fala bobagens de PC Siqueira, Cauê Moura, porque sua vida gira em torno dessas pessoas. Nando Moura é um vlogger como qualquer outro e, por isso, para continuar sendo um vlogger no Youtube, ele precisa sempre articular críticas, comentários, citações e referências a outros vloggers. A sua vida enquanto vloggeiro depende disso.

Dito isso, comecemos a análise de sua burrice a respeito dos entrevistados. Nando Moura começa o vídeo comentando seu apreço por Luis Felipe Pondé (como era de se esperar) e critica Leandro Karnal por sua posição contra o projeto Escola Sem Partido.

Para realizar a crítica, Nando Moura exibe uma fala de Karnal afirmando que “quem pensa diferente de mim não é meu inimigo”. Depois exibe uma fala de Karnal criticando o Escola Sem Partido.

Nando Moura, no auge de sua inabilidade em interpretar enunciados, faz o óbvio: “quanto ódio, hein? Só porque defendemos coisas diferentes eu sou um idiota?”.

Sua inaptidão o impossibilita de entender que Escola Sem Partido não é uma opinião, mas sim um projeto que pretende ser aplicado em todo ensino público básico. Quando Karnal diz que quem pensa diferente dele não é seu inimigo, o que ele está dizendo é que uma discussão não deve ser eliminada sob o motivo de que seria protagonizada por inimigos. E o Escola Sem Partido é exatamente o inverso disso. O objetivo do Escola Sem Partido é acabar com a possibilidade de se pensar diferente, de se discutir, de ir em questões para além do senso comum.

Quando o projeto inibe a expressão de ideologias, o que ele faz é transformar sua ideologia em coisa natural.

Nando Moura: conservadorismo como verdade

Ainda na onda de sua ignorância, em outro vídeo, Nando Moura afirma que “ser conservador é estar ausente de qualquer ideologia”. Ou seja, ser conservador seria estar ligado indissociavelmente à verdade. A verdade, na opinião de Nando Moura, advém através do conservadorismo. E só. Eu pergunto para você que me lê: em qual momento este tipo de pensamento promove a discussão?

A fala de Nando Moura explicita o projeto Escola Sem Partido: promover uma educação conservadora porque o conservadorismo seria a ausência de ideologia. Uma bobagem, porque ideologia não é algo que você tem, pega, se apropria ou se livra. Ideologia é uma relação imaginária que intermedeia as relações sociais reais entre os sujeitos.

Para tentar manter uma imagem de sujeito neutro em relação aos autores, Nando Moura critica a visão de Pondé sobre Jesus Cristo: Pondé dissocia o Jesus histórico do Jesus bíblico. Como ele faz para manter sua posição? Cita Olavo de Carvalho, num vídeo em que o astrólogo afirma que a ressurreição é um fato que não deve ser questionado.

A incapacidade de argumentação de Nando Moura se expressa também em sua defesa de Jair Bolsonaro. Sim, meus amigos, este rapaz que denuncia o discurso de ódio feito por personalidades midiáticas defende Jair Bolsonaro, veja abaixo:

Os erros de Nando Moura se iniciam em duas frases polêmicas: 1) “aparelho excretor não reproduz”, de Levy Fidelix e 2) “Eu não te estupro porque você não merece”, de Bolsonaro dito à Maria do Rosário.

Nando Moura não entendeu que a fala de Fidelix não era literal. Ele não se levantou no debate unicamente para dizer o óbvio e acabar sua participação. A fala de Fidelix foi uma maneira de expressar a insignificância política que homossexuais deveriam representar, foi um jeito de mostrar como, para ele, é incoerente pensar em política públicas ou leis que se referem aos gays.

Já sobre a fala de Bolsonaro, ele não entendeu que “eu não te estupro porque você não merece”, significou “Você não está no meu nível nem mesmo para ser estuprada por mim”.

Qual é o problema com este rapaz? Ele é uma demonstração do veneno do Youtube. Este rapaz não consegue articular duas frases mantendo a mesma linha lógica de argumentação. Então porque ele é visto? O aumento do número de evangélicos e igrejas evangélicas neopentecostais, o aumento do conservadorismo no Brasil e o aumento do ódio à esquerda podem explicar porque esse rapaz está se tornando uma piada de muito mau-gosto.

Nando Moura: leitor do Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo

A última polêmica de Nando Moura foi sua discussão com Leon e Nilce, do canal Coisa de Nerd. Neste caso, Moura criticou Leon por afirmar uma obviedade: o nazismo é de direita.

Nando Moura faz parte da fatia de agentes reprodutores do discurso conservador que ganha voz principalmente na internet e vem sendo utilizado como validação social para projetos como o Escola Sem Partido. A desvantagem intelectual dessa parte populista da direita é se guiar através de livros que beiram à piada, como os Guias Politicamente Incorretos escritos pelo jornalista da revista com menos credibilidade do Brasil, a Veja, Leandro Narloch.

Leandro Narloch é um dos responsáveis por espalhar ideias falsas e estapafúrdias como a maluquice do nazismo ser de esquerda. Nando Moura, de certa forma, é resultado da doutrinação feita por revistas semanais como a já citada Veja, Isto É, e por intelectuais conservadores alucinados como Olavo de Carvalho.

O problema do guitarrista foi citar o livro de Narloch sem checar as fontes. O autor dos Guias Politicamente Incorretos não foi capaz de fazer citações contextualizadas e utilizou ao seu favor, autores que tinham ideias opostos aquelas defendidas por ele no Guia.

Leon e Nilce, ambos liberais, checaram cada fonte daquilo que Nando Moura citou e dissecaram as faltas e incompetências do músico ao tentar se passar por intelectual, veja:

Nando Moura fingiu que não viu o vídeo, ignorou todos os questionamentos feitos e tocou uma música, pensando, assim, responder seus interlocutores a altura.

Infelizmente, o youtuber envergonhado retirou seu vídeo quando percebeu que estava passando vergonha.

É necessário, agora, retirar seu canal do ar. A vergonha já é alheia.

 

25 Comments

  1. Esse cara tem sérios problema psicológicos. É evidente nos vídeos o semblante triste, depressivo que dá lugar a um olhar incisivo, raivoso, inquisidor. Em nenhum momento ele demonstra tranquilidade, serenidade naquilo que fala. Sempre se utiliza do rancor, da raiva para argumentar. E quando não está raivoso, o olhar é profundo, triste. Quando “sorri” é para demonstrar desprezo, para se utilziar da ironia, geralmente ofendendo o interlocutor. É muita culpa armazenada… Ele precisa de ajuda médica.

    1. Ele tem algum problema psicológico severo, pois ele tem um ego implacável e a molecada, que gosta desse tipo de atitude, do cara que fala mais alto, do cara que grita e chama atenção, aplaude. É uma deseducação o que esse cara promove, sem contar o discurso de ódio quase que generalizado, com exceção das igrejas, como foi citado acima. Ele é simplesmente um músico sem talento que achou uma forma fácil de ganhar doletas: manipular os mais novos. Quanta covardia….

      1. O que me preocupa é exatamente isso, a quantidade de pessoas que seguem ele e assinam embaixo em tudo oque esse cara fala.

    2. Caramba! Queria conhecer um super psicólogo fisionomista como você para me consultar. Iria para seu escritório faria caras e bocas e sairia bem sem falar nada.

  2. O sujeito é um psicopata, porém ainda não deu vazão a ser um assassino, talvez a estrutura familiar não o deixou propenso a este tipo de atitude, mas como não aceita argumentos é sociopata, doente mental.

  3. Nando Moura virou um sinônimo da falta de assunto no YouTube, creio eu. Afinal, ele é demasiado leigo em certas áreas, principalmente intelectualmente e espiritualmente. Por certo modo, ele só quer manter a frágil fantasia da vida perfeita. Aquela, a qual, muitos oferecem através de uma promessa política, o que os ensinamento de Olavo de Carvalho transmite. Um homem crente e insensível ao racional do Cosmos, creio.

  4. O cara fala aos berros os que nazifascistas querem escutar.
    Culpar os outros por suas miseráveis vidas é o cerne pra esse tipo de gente.
    E, dessa forma, consegue aos monte, seguidores doentes e individualistas para
    ” curar” suas neurastênicas debilidades da vida.

  5. Nando Moura mais parece um sociopata, que somente se converteu ao cristianismo porque sua divindade máxima, Olavo de Carvalho, é cristão e lhe disse que ser cristão é legal. Como bom imitador que é, Nando também copia de seu mestre os insultos e os palavrões, embora lhe falte o principal, que é a vasta cultura e inteligência de Olavo de Carvalho. Em suma, o metaleiro cristão boca suja de araque não passa de um semi-analfabeto oportunista, cuja cultura e conhecimento advêm da incessante leitura de orelha de livros, dos joguinhos de computador, das músicas heavy metal, além é claro da absorção e reprodução integral do material registrado por aquele que é seu verdadeiro Deus: Olavo de Carvalho. Utilizando-se da eloquência grosseira, unilateralista e falaciosa típicas dos charlatães inúteis que clamam por atenção, o recém convertido à religião cristã eloquentemente ofende a tudo e a todos em busca de audiência e notoriedade. Para tanto, sobrevive de plagiar Olavo e adaptá-lo ao cotidiano imbecilizante do público médio de dementes da internet, que cegamente idolatram qualquer asno que lhes passe segurança e confiança, e que de preferência empreste algum sentido de mundo a suas vidas vazias e incultas. A regra é clara: quanto mais fanático, raso, falacioso e sensacionalista for o vídeo acusativo; quanto mais palavrões e assertivas infundadas contiver; quanto mais insultos, imitações histriônicas e interpretações cômicas às custas da difamação alheia houver, mais cresce o número de seguidores de seu canal. Nando Moura é sem dúvida a maior comprovação e demonstração da colossal incultura, irracionalidade e pobreza de espírito do brasileiro em geral.

    1. E uma das formas de se adquirir conhecimento não é lendo livros? Lamentável, você não tem o mínimo de arrumação intracromossomial especifica para emitir alguma opinião!

  6. Nando Moura é o cara que fala o que eu gostaria de falar. Vices é que são um bando de esquerdistas dos infernos. Vão defender os comunistas de vocês no inferno! Já que não qacreditam em Deus e no diabo, vai para a puta que te pariu!

  7. Como músico não tenho que falar, mas quando inventar de tecer suas críticas é sem dúvidas um quadrúpede. Sem ofender os quadrúpedes é claro!

  8. O cara fica muito ocioso quando fracassa na profissão e não precisa trabalhar porque a família garante seu sustento…Aí vai fazer vídeos sobre política. Papai vai comprar uma guitarra nova pra ele brincar, deve ser filho único.

  9. Ele é músico? Pois todo mundo o conhece apenas por sua agressividade verbal gratuita e seu preconceito em geral.
    Raiva, desrespeito e frustração disfarçados de moral e bons costumes para conservadores como uma roupagem “rock n roll”. Está acontecendo uma coisa muito chata no nosso país: quem não tem a mente fechada já é tachado de “esquerdista”, etc. Acordem, jovens, não desperdicem sua juventude com ódio e atraso.

  10. Nando Moura é a figura mais nociva do YouTube. Passou da hora desse cara começar a pagar pela propaganda de ódio e difamação que ele faz contra deus e o mundo. Deve-se ter tolerância zero como esse sujeito. Falou merda, processa!

  11. Nando Moura, como vlogger, é um ser humano estúpido. Ele é de uma estupidez profunda. Os jovens que os seguem, em geral, são intolerantes e agressivos. Ele semeia arrogância, prepotência e superficialidade disfarçada, além de discórdia e rancor. Tenho um palpite de que seja um cara depressivo e de uma infelicidade velada. Que Jesus esteja por perto desse cara, ele realmente precisa ser tocado pelo espírito santo. Parabéns pelo texto. Somente precisa acrescentar que, com relação ao nazismo, o ponto em questão dizia respeito ao extremismo direito ou esquerdo, e não esquerda e direita, propriamente dita.

  12. Cara, vi alguns vídeos desse nando Moura…e é um sociólogo, um filósofo de internet, onde ele tem o canal dele, onde tem nesse canal os seguidores dele que o babam.
    É o legítimo come ninguém e se indignou com a sociedade e encontra na internet o lugar pra se expressar e se enganar em seu ego.
    Se ele fosse bom mesmo eles estaria em uma posição muito melhor, mas não ele é mais um desses you tuber que só sabe criticar o trabalho dos outros, esses outros que possuem talento…..Que é o que ele não tem.
    Obrigado.

Deixe uma resposta