Colunas Tortas: saiba o que esperar de nós

influência-sec-xx

Quem somos?

O Colunas Tortas é uma proto-revista eletrônica cujo objetivo é promover a divulgação e a popularização de autores de filosofia e sociologia contemporânea, sempre buscando manter um debate de alto nível – e em uma linguagem acessível – com os leitores.

Nietzsche, Foucault, Cioran, Marx, Bourdieu, Deleuze, Bauman: sempre procuramos tratar de autores contemporâneos e seus influenciadores, levando-os para fora da academia, a fim de que possamos pensar melhor o nosso presente e entendê-lo.

Quem fomos? Nossa história

Em março de 2013, o Colunas Tortas nasce como um blog de crítica social, geralmente articulando o pensamento de filósofos contemporâneos para tecer seus textos. Com o passar dos meses, se torna um site que produz artigos de filosofia introdutórios e resenhas de livros, além de textos que ofereciam discussões sobre cinema, arte, cultura.

No entanto, havia ainda um salto a se dar. O desafio de alimentar regularmente uma revista eletrônica com artigos de qualidade e estilo rigoroso foi aceito e o site deixou seu lado superficial para entrar de cabeça em artigos técnicos como núcleo de sua linha editorial.

A caminhada difícil para a produção de artigos relevantes para o público de dentro e fora da academia fortaleceu o senso da equipe interna do Colunas Tortas de que era necessário tempo para elevar o nível da produção de artigos, então foi necessário profissionalizar o site.

Desde então estamos focados na publicação de artigos de filosofia e sociologia, colunas de literatura e opinião, além de mantermos a nosso centro de curadoria e a recém-inaugurada loja virtual.

Em agosto de 2016, após alguns anos de muitas experiências, o Colunas Tortas se transformou em uma revista eletrônica de filosofia.

Quem faz parte?


Nome: Vinicius Siqueira
About: Silêncio.
Formação: Pós-graduado em Sociopsicologia pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo.
Influenciado por: Michel Foucault.
Facebook: Vinicius Siqueira
E-mail:[email protected]

win_20161023_233046Nome: Lucas Kuntz
About: Nunca aprendeu a dirigir.
Formação: Estudante de Letras (Habilitação: Linguística e Português) da Universidade de São Paulo.
Influenciado por: Marx, Nietzsche, Fairclough, Bourdieu, Bakhtin e Cioran.
Facebook: Lucas Kuntz
E-mail: [email protected]
sssNome: Lucas Silva
About: Bem dissonante, não ta ouvindo o chiado já?
Formação: História (licenciatura e bacharelado) pela fundação Santo André.
Influenciado por: Bakunin e Edward Said.
Facebook: Lucas Silva
E-mail: [email protected]

Nome: Victória Monteiro de Lima
About: Gosto de poesia e acho que a palavra segue sendo meu ponto fraco.
Formação: Estudante de Filosofia.
Influenciado por: Emil Cioran, Dostoievski, Fernando Pessoa, Merleau-Ponty, Hesse e Bakunin.
Facebook:
E-mail: [email protected]

* * *

Colunistas

Função: colunista
Formação: Jornalista Especialista em Imagens e Culturas Midiáticas pela UFMG.
Facebook: Sthefanny Gozze
Função: colunista
Formação: Ensino médio completo.
Facebook: –
E-mail: [email protected]
Nome: Tiago André Vargas
Função: colunista
Formação: Humanística.
Facebook: Tiago André Vargas
E-mail: [email protected]

35 Comments

          1. Você tá brincando comigo, Leandro? Se a educação é tomada pela esquerda, me diga porque a população não apoia uma revolução comunista, uma rebelião anarquista, qualquer coisa assim?

            Pelo contrário, qualquer estudo mostra que a população brasileira tem valores conservadores em geral (vide o congresso nacional agora, que mostra a satisfação de tais valores via projetos regressos). E que essa consciência conservadora convive com uma consciência do pobre que sabe de sua situação e entende que o rico é rico porque ele é pobre.

            Sobre o MEC, aqui eu preciso apelar para o fundamental: um aparelho de estado capitalista não vai deixar qualquer programa comunista ou anarquista tomar seu aparelho ideológico. Isso é simples. Você pode chamar o MEC como está agora de “esquerda”, mas, na prática, isso não faz sentido, porque nem mesmo tem gente de esquerda ou tem possibilidade de ser um órgão revolucionário – o MEC se mostrou como um órgão de reforma, quando conseguiu ter uma equipe boa de profissionais.

            Grande abraço e obrigado pelo comentário!

  1. Adoro o trabalho de vcs,mas seria possivel que colocaram depois de cada resenha alguma leitura para aqueles que quiserem aprofundar em alguns autores, tomando conta que seu objetivo è nao sò manter a discussao na academia. Abraco

  2. Acompanho o Colunas Tortas durante um tempo. Gosto dos textos publicado por vocês e acredito que em cada texto há também um pouco de cada autor.

    É uma espécie de falar sobre si mesmo através do outro. Até porque só existimos através de múltiplos olhares.

    Espero poder contribuir com esse blog de alguma forma.

    Abraços cósmicos.

  3. Amei este blog. Vocês estão de parabéns! Vou divulgar quanto puder, mas fiquei surpresa que gente tão jovem se interessasse e divulgasse, discutisse filosofia moderna…não é comum. Mais uma vez, parabéns, pelo trabalho e pela escolha.

  4. Reverências a vocês! Trabalho genial, com excelência e acessibilidade. Ultrapassar os muros da academia, enorme desafio e ‘missão’, que também tomo como minha. Doutora em Ciências Sociais pela PUC SP também sou com guiada pelos mesmos pensadores que voce Vínicius Siqueira. Minha Tese de Doutorado dialoguei com Bauman e Foucault… (quem sabe eu envie um artigo para apreciação de voces. Gostaria de publicar com vocês um dia) e agora, ando aqui estudando psicanalise. E amando!
    Tenho indicado demais o site aos meus alunos e trabalhado com alguns textos de voces. Super obrigada pela colaboração rs com minhas aulas e projetos. E, no mais, adoro o jeito de ser do site. Excelência, leveza e bom humor! Parabéns. Sucesso.

    1. Olá, Flávia!

      Com quais textos daqui você trabalha em sala de aula???

      Grande abraço e obrigado pelo comentário! Estamos de portas abertas!

    1. De que você está falando, Barbara? Nós somos de esquerda e essa é nossa linha editorial, se você acha que democracia é jogar fora a própria linha editorial, imagino que você já enviou muitos e-mails para o Jornal Nacional abrir quadros com viés de esquerda, né? Analisar greve de metroviários sob um olhar trabalhador e etc, não?

  5. Bom dia!
    Quanto prazer em [email protected]
    Encontrei no “por acaso” e tem tudo a ver com minhas leituras filosóficas. Tô por aqui!
    Parabéns pelo blog!
    Ps: A SAÍDA É PELA ESQUERDA!

  6. Olá equipe da Colunas Tortas, achei muito sábio falar sobre autores contemporâneos. Realmente uma ótima iniciativa para o conhecimento social, pois é pouco abordado autores recentes. Parabéns, grande abraço.

Deixe uma resposta