O sujeito – Michel Pêcheux

Sêmantica e Discurso, de Michel Pêcheux.
Sêmantica e Discurso, de Michel Pêcheux, lançado em 1975 na França.

Uma das inovações da análise do discurso de linha francesa (AD) foi inserir uma teoria não-subjetiva do sujeito dentro deste recente campo, lidando com problemas da comunicação sem passar pelas teorias informacionais ou liberais clássicas.

O esforço de Michel Pêcheux em construir uma teoria que eliminasse a função do sujeito produto de sentido, porém mantivesse uma dinâmica suficiente para evitar cair em formalismos e mecanicismos deu fôlego e foi parte integrante da criação do método de análise do discurso propriamente francês, como se chama popularmente. Este artigo irá mostrar uma fagulha do desenvolvimento de seu conceito de sujeito, passando pelas diferentes fases da AD e atravessando outros autores que lhe influenciaram, como Althusser e Lacan.

João Guimarães Rosa: a busca do indivíduo na linguagem, a dúvida e a metáfora do social

Queria entender do medo e da coragem, e da gã que empurra a gente para fazer tantos atos, dar corpo ao suceder. O que induz a gente para más ações estranhas, é que a gente está pertinho do que é nosso, por direito, e não sabe, não sabe, não sabe![1] Um caminho sem fim. Mesmo…

Condições de produção do discurso – Michel Pêcheux

Da série “Michel Pêcheux: conceitos fundamentais”. Na análise do discurso francesa (AD), que tem como principal teórico e entusiasta o filósofo Michel Pêcheux, o conceito de condição de produção tem um lugar privilegiado, na medida em que não é mais possível atribuir ao sujeito a produção de suas falas (portanto, não é mais possível afirmar…

Encontro filosófico aborda Vigiar e Punir de Michel Foucault (SP)

Após 2 encontros filosóficos com muita gente, diversas questões e discussões cheias de entusiasmo, o Colunas Tortas anuncia o 3º Encontro Filosófico do Colunas Tortas com o tema Vigiar e Punir: Disciplina e Controle Social, com apresentação inicial feita pelo professor Marcos Cesar Alvarez* da Universidade de São Paulo. Há poucas semanas, o Brasil se…

Discurso de Luiz Ruffato na Feira do livro de Frankfurt continua atual

Historicamente habituados a termos apenas deveres, nunca direitos, sucumbimos numa estranha sensação de não pertencimento: no Brasil, o que é de todos não é de ninguém… Em 2013, Franfurt recebeu em sua tradicional Feira do Livro a presença de Luiz Ruffato, escritor brasileiro que discursou na abertura do evento com tom crítico às desigualdades sociais…

Um estudo semiótico dos livros de autoajuda – Modernidade Líquida e Autoajuda

Da série “Modernidade Líquida e Autoajuda”. Os livros de autoajuda de desenvolvimento profissional fazem parte do armamento linguístico para convencer o leitor de que a motivação é a chave para o sucesso e que um profissional motivado é sempre destacado na corporação. Este é o argumento de  Discurso e Motivação: Um Estudo Semiótico dos Livros de…

Livros de autoajuda e o consumo de conselhos – Modernidade e Autoajuda

Da série “Modernidade e Autoajuda”. Os livros de autoajuda são mercadorias especiais na dita pós-modernidade. São objetos feitos de papel, palavras, frases, capa dura e conselhos, mas o que há de especial nos livros de autoajuda não é sua materialidade enquanto objeto físico para venda: eles estão inseridos na lógica de consumo atual como um…

Comunidade – Modernidade Líquida

“Comunidades explosivas precisam de violência para nascer e para continuar vivendo. Precisam de inimigos que ameacem sua existência e inimigos a serem coletivamente perseguidos, torturados e mutilados, a fim de fazer de cada membro da comunidade um cúmplice do que, em caso de derrota, seria certamente declarado crime contra a humanidade e, portanto, objeto de punição”.

Quem critica o pós-modernismo e por quais motivos fala groselha

Qual a utilidade da crítica ao “pós-modernismo”? A pergunta acima só pode ter uma resposta clara quando se define exatamente onde está esse pós-modernismo a ser criticado. Por que estou falando disso? Acho que preciso me explicar antes de começar esse artigo: Diego Grossi, no dia 20 deste mês, publicou um texto no site do…